quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Resultado de imagem para John V WalshQuem é mais racista: Hillary ou Donald?

por John V. Walsh
tradução: btpsilveira


30 de dezembro de 2015 "Information Clearing House" - "Counterpunch" Quem é o racista mor, Hillary Clinton ou Donald Trump? Para responder a questão, temos que fazer outra pergunta. O que é pior: denegrir alguns membros de determinada etnia, grupo ou religião – ou matá-los aos milhões, mutilar outros milhões deles e deslocar ainda mais milhões?  O que é mais “racista”? Tendo isto em mente, quem é mais racista, Hillary ou Donald?

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Semana 12 da intervenção russa na Síria: Zag! 

Tradução: Coletivo Vila Vudu
Na revisão que escrevi semana passada sobre a intervenção militar russa na Síria, escrevi que Kerry perdeu todas as negociações que algum dia teve com os russos; e ele tem longo currículo de dizer A na frente dos russos e não-A quando se explica em casa. 

Vladimir Putin combate em todos os fronts

Contra o Partido da Guerra 
Tradução: Vila Vudu


Governo Obama ainda segue o script 2.0 da Guerra Fria, para a Rússia.


Aquela "agressão russa" 


A luta de morte nos círculos internos de Moscou trava-se, mesmo, entre Eurasianistas e os chamados Integracionistas Atlanticistas, codinome 5ª Coluna ocidental. O cerne da disputa parece ser o Banco Central da Rússia e o Ministério das Finanças – onde alguns monetaristas liberais conservadores chaves são movidos por controle remoto pelos suspeitos de sempre, os Masters of the Universe
Guerra colonial no Iraque: os ianques evacuam 'Estado Islâmico'


Resultado de imagem para Al Manar29/12/2015, Al Manar, Beirute
tradução: Vila Vudu

A agência Associated France Press, AFP, oferece relato complacente da derrota do Estado 'Islâmico' em Ramadi, no Iraque. Mas ninguém cuidou de investigar para informar sobre o que realmente aconteceu. 

Na versão 
versão 'France Press' lê-se que "os últimos combatentes do grupo Estado Islâmico (EI) deixaram no domingo um complexo governamental estratégico de Ramadi, oferecendo [como se tivessem feito alguma espécie de 'gentileza'] às forças iraquianas sua mais importante vitória desde o início da ofensiva dos jihadistas no Iraque há um ano".
Más notícias do Afeganistão



Os homens do Daesh (ISIS/ISIL/EI) estão agora lutando aos milhares no país no qual pousamos para “liberar” há 14 anos atrás, além de dezenas de milhares de Talibãs “pressionando” sem parar no “coração” do país, ao redor de Sangin (distrito da Província de Helmand, no Afeganistão – NT).

Resultado de imagem para Robert Fiskpor Robert Fisk
tradução: NirucewKS063 

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Bombas de Fim de Ano

Para a segurança das pessoas e dos animais, são proibidos em diversos casos os fogos de artifício durante o fim de ano, sobretudo os petardos mais fortes. Os meios de comunicação têm divulgado bastante este tipo de notícia. Os mesmos que escondem outras notícias que, se fossem divulgadas, fariam explodir a bolha da realidade virtual em que estamos aprisionados.
Por Manlio Dinucci
Traduzido Por José Reinaldo Carvalho
Um exemplo: os National Archives and Records Administration (Nara) - os arquivos do governo estadunidense - publicaram em 22 de dezembro um dossiê de 800 páginas, até o presente bastante secreto, com uma lista de milhares de alvos na URSS, Europa Oriental e China, que os EUA se preparavam para destruir com armas nucleares durante a guerra fria.
O “cemitério de impérios” assombra as Férias de Obama


Resultado de imagem para Finian Cunningham29 de dezembro de 2015 – Finian Cunningham
tradução: mberublue

Há pouco o que o presidente dos Estados Unidos, Barak Obama, possa comemorar durante as suas férias anuais de fim de ano – enquanto os Estados Unidos continuam mergulhados em uma guerra além mar – no Afeganistão – a qual se intensifica sem um final a vista, com prosseguimento para ainda mais alguns anos.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

O Estado-Maior do Exército dos E.U. denuncia a influência dos falcões liberais sobre a Casa Branca

Resultado de imagem para Thierry MeyssanThierry Meyssan
Tradução : ALVA

Podem os militares influenciar os políticos ou devem contentar-se em obedecer, mesmo quando constatam os erros deles? Este foi o tema de um célebre artigo do coronel James H. Baker, atual estrategista do Pentágono. Este é também o sentido do artigo de Seymour Hersh quanto a maneira como o Estado-Maior alertou constantemente a Casa Branca a propósito das operações da CIA na Síria, e na Ucrânia. Desde há vários meses, o complexo militar-industrial, o antigo diretor da DIA, depois o ex-Chefe do Estado-Maior e agora o ex-secretário da Defesa, multiplicam as críticas sobre a política do presidente Obama.
Porque a Terceira Guerra Mundial está próxima

Resultado de imagem para Paul Craig RobertsPaul Craig Roberts
tradução: mberublue

O colapso da União Soviética em 1991 deu origem à perigosa ideologia (norte)americana chamada neoconservadorismo. A União Soviética servia como uma espécie de muro de contenção para as ações unilaterais dos Estados Unidos. Com a remoção dessa contenção contra Washington os neoconservadores declararam sua agenda para a hegemonia (norte)americana. A América do Norte seria agora a “única superpotência”, a “unipotência” que poderia agir sem restrições em qualquer lugar do mundo.
Síria, 2015: Não é "guerra civil". E os que lutam contra o governo sírio eleito não são "oposição"


Tradução: Vila Vudu

"Se o conflito sírio foi criado por interesses externos que alimentaram e armaram grupos militantes, e há décadas vem sendo usado como instrumento para executar uma determinada política externa (dentro e fora da Síria) de terceiros –, o que caracteriza exatamente uma invasão a serviço de terceiros, invasão 'por procuração', não, de modo algum, uma guerra civil –, como precisamente se poderia pensar em 'acordo' que ponha fim à invasão?!"
Síria, "atoleiro" para a Rússia? Nada disso!
É um plano. E muito bem concebido 


Resultado de imagem para Moon of Alabama28/12/2015, Moon of Alabama
TRADUÇÃO: Vila Vudu

Algumas manchetes recentes, da "Washington Oficial":