domingo, 20 de março de 2016

Resultado de imagem para Pepe EscobarA arma letal definitiva da Rússia

por Pepe Escobar ●●●●● tradução por btpsilveira

Março de 2016 – "Information Clearing House" - "RT" – Deixem-me começar examinando um pouco do exercício da política clássica russa. O Ministro da Economia Anton Siluanov está elaborando a estratégia econômica russa para 2016, incluindo-se o orçamento federal. Siluanov, ele mesmo um liberal na essência, portanto favorável ao investimento estrangeiro – deverá apresentar suas propostas ao Kremlin lá pelo final deste mês.

terça-feira, 8 de março de 2016

Síria: preparação para nova grande operação.
Resultado de imagem para Moon of alabamapor Moon of Alabama ●●●●● tradução de btpsilveira

Março de 2016 – "Information Clearing House" - "Moon Of Alabama" – Parece haver algum progresso no “jogo” regional em torno do conflito na Síria. O Primeiro Ministro da Turquia, Ahmet Davutoglu está em visita ao Irã. Os iranianos acenam com projetos econômicos lucrativos para os olhos turcos. De todo modo, o assunto principal foi a Síria. Segundo a fonte turca abaixo, foram acordadas as seguintes questões:

Taylıeli @taylieli

#Primeiro Ministro turco Davutoglu: Conversamos com o Irã sobre cinco questões:

1) Uma visita conjunta à Jordânia, nos próximos dias, para discutir a Síria.
2) A não interrupção do cessar fogo que vige na Síria.
3) A unidade da Síria.
4) A participação de todos os atores internos atuais no futuro da Síria.
5) Implementação de atos em conjunto para destruir todos os tipos de empreendimentos terroristas. O Estado Islâmico no Oriente Médio geográfico.
Resultado de imagem para F William EngdahlPor Trás da Fachada: EUA, uma Hegemonia Falida.

por F William Engdahl ●●●●● tradução de NirucewKS063



Fantasias e contos da carochinha sobrevivem apenas até encontrar a realidade nua e crua de coisas, acontecimentos e pessoas. Mais cedo ou mais tarde, a verdade mostra a cara feia.  Isso vem bem a calhar quando olhamos para a verdadeira situação e condição da nação que os chineses chamam de Hegemon, os que-não-são-mais Estados Unidos da América. As estatísticas oficiais da Administração Obama declararam ao mundo nos últimos seis anos que a maior economia (de papel) do mundo estava em uma maravilhosa situação e recuperação e que o desemprego nos EUA era de meros 5%. Agora, enfrentando o mais duro colapso dos preços do petróleo em 13 anos, o último setor que ainda criava empregos nos Estados Unidos, o setor da indústria de petróleo e gás está rapidamente se juntando à cadeia de dominós em queda que ameaça por abaixo uma montanha de créditos podres e coloca uma faca no pescoço de muitos bancos. Para complicar, desta vez, diferentemente de 2009, o Federal Reserve está em dificuldades reais, com o  débito do Federal tendo dobrado para $18 trilhões de dólares (US$ 18.000.000.000.000 – é um bocado de zeros! – NT) desde o início da crise financeira em 2007.

domingo, 6 de março de 2016

Guerras do 'ocidente', tempestades domésticas:
Fascistas, Terroristas & "Multiculturalismo" 

 
Tony Cartalucci  ●●●●● Tradução pelo Coletivo Vila Vudu

Os EUA e a Europa, com muitos colaboradores muito empenhados, fizeram incontáveis guerras e guerras à distância, em grandes áreas da África, do Oriente Médio, da Ásia Central. O que o ocidente buscava, reordenar o mundo pós-soviético mediante meios militares convencionais no Afeganistão em 2001 e no Iraque a partir de 2003, continuou a buscar por vias menos convencionais – a chamada "Primavera Árabe" e as várias guerras à distância ("guerras por procuração") que eclodiram depois, a partir de 2011.

sábado, 5 de março de 2016

Política Externa de Washington: assassinato

Resultado de imagem para Paul Craig RobertsPaul Craig Roberts ●●●●● tradução: btpsilveira
Washington tem uma história longa de massacres a populações, como por exemplo os índios da planície, exterminados pelos criminosos de guerra Sherman e Sheridan, ou a bomba atômica lançada contra a população civil indefesa no Japão, mas agora Washington progrediu: em vez de massacres temporários, passou ao regime de massacre todo o tempo. Do regime de Clinton para frente, o massacre de civis se tornou uma característica que define o modo de agir dos Estados Unidos da América.
Comércio Mundial: 2015 manda um sinal de alerta
Resultado de imagem para Valentin KatasonovValentin Katasonov ●●●●● tradução de btpsilveira
O final de fevereiro viu um dos primeiros anúncios oficiosos do comércio mundial em 2015, preparado pelo Netherlands Bureau for Economic Policy Analysis (Haia). A análise é chocante: em 2015 o comércio internacional caiu pela primeira vez desde 2009. E não se trata de queda medida em frações de percentagens, mas em 13,8 por cento (refere-se a valores medidos em dólares dos EUA). Leve-se em consideração e em acréscimo que, de acordo com as estimativas do FMI, o PIB global cresceu 3,1 por cento no mesmo ano de 2015.

quinta-feira, 3 de março de 2016


Resultado de imagem para Brian CloughleyNão cutuque dragões ou ursos em suas tocas

Brian Cloughley ●●●●● tradução: btpsilveira


Em setembro do ano passado, na Assembleia Geral das Nações Unidas, o presidente Barak Obama declarou, e não estava sequer tentando ser irônico, que “a História está cheia de falsos profetas e de impérios decaídos, que acreditavam que estavam sempre certos no que faziam, e que poderiam continuar assim indefinidamente. Não foi o que aconteceu”.

Uma semana antes a aliança militar da OTAN, liderada pelos Estados Unidos, aprovara um plano para dobrar sua força expedicionária para 40.000 tropas e decidiu criar “mais duas unidades de forças integradas da OTAN... na Hungria e na Eslováquia, acrescentadas aos quartéis generais que já existem na Estônia, Lituânia, Letônia, Polônia, Bulgária e Romênia”, Trata-se nada mais nada menos que um deplorável caso de continuar acreditando que pode fazer o que quiser enquanto quiser, na medida em que tais ações não tem qualquer outro propósito a não ser ameaçar a Rússia, coisa que Washington considera essencial para o crescimento de sua indústria doméstica de armas e de seu “complexo militar/industrial” de maneira geral.