terça-feira, 29 de novembro de 2016

Assad às vésperas de sua maior vitória desde o início da Guerra na Síria: Aleppo livre


Tradução pelo COLETIVO DE TRADUTORES DA VILA VUDU

A batalha por uma das cidades sírias mais furiosamente disputadas na guerra na Síria – Aleppo – aproxima-se do desfecho. Segundo a agência Reuters, o exército sírio e aliados anunciaram, na 2ª-feira, a reconquista de larga faixa de Aleppo leste, até aqui ocupada por terroristas – que alguns estimam que corresponda a cerca de 40% da parte que os terroristas ainda ocupam –, em avançada acelerada que ameaça esmagar a oposição na sua mais importante fortaleza urbana.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

"Se os EUA não pode ou não quer lutar contra o terrorismo, que pelo menos não atrapalhe”: MinDef russo


Resultado de imagem para EUA/ISIS

tradução: btpsilveira

27 de novembro de 2016 Information Clearing House / al manar O ministro da defesa da Rússia, fez um comentário sobre as tentativas de Washington de impedir que petroleiros enviem combustíveis para as Forças Armadas russas na Síria. Se Washington não pode ou não quer lutar contra os terroristas, que ao menos não atrapalhe quem quer, disse o porta voz do ministério, Major General Igor Konashenko na quinta feira.
Lênin chega à Casa Branca

Resultado de imagem para casa branca eua desenhoResultado de imagem para lênin

28/11/2016,
Pepe EscobarSputnikNews
Tradução pelo COLETIVO DE TRADUTORES DA VILA VUDU

Donald Trump, comentando a morte de Fidel Castro, tratou-o como mero "ditador". Mas sejam quais tenham sido os resultados (e erros) duradouros do experimento cubano, a História já reconheceu Fidel, de facto, como um dos grandes revolucionários da era moderna – e pós-moderna. Trump – a ironia histórica obriga a reconhecer – também chamou de uma "revolução" o estremecimento tectônico, de fúria, que lhe pôs em mãos a Casa Branca – comandado pelas massas brancas, sem curso superior, de trabalhadores manuais e precários norte-americanos.

domingo, 27 de novembro de 2016

A imprensa financeira e seus próceres: fobias, fábulas e fracassos nas eleições dos EUA

 Resultado de imagem para trump
pelo Prof. James Petras
tradução de btpsilveira
A burocracia dos Estados Unidos e seus fantoches estridentes da imprensa empresa inventam sistematicamente narrativas que nada tem a ver com a realidade política e tudo com sua visão alucinógena do mundo. As reportagens antes e depois das eleições trançam uma tapeçaria confusa de fantasia e ficção.

Discutiremos aqui as mais perniciosas dessas espantosas fobias e fábulas, bem como seus previsíveis fracassos.

1  - O Colapso do Capitalismo

“Economistas de peso”, especialistas e paparicados editorialistas estão convencidos de que a eleição de Donald Trump deve “levar ao Colapso do Capitalismo (COC)”.
CUBA
Resultado de imagem para Fidel Castro 
Único país das Américas sem desnutrição infantil

Declarado paraíso internacional da infância – UNICEF

A mais baixa taxa de mortalidade infantil das Américas

130.000 médicos formados desde 1961

sábado, 26 de novembro de 2016

China desce a cortina sobre a era Obama 

Resultado de imagem para china-us-xi-jinping-obama-apec

20/11/2016, MK Bhadrakumar, Indian Punchline
Tradução pelo COLETIVO DE TRADUTORES DA VILA VUDU

Entreouvido na Vila Vudu:

No Brasil, Fernando Henrique Cardoso já cuida da própria sobrevivência pós-Clintons.
Quem tem u tem medo [pano rápido].
_____________________________

A China está fazendo a transição, do governo Barack Obama que se encerra, para o próximo governo Donald Trump, com impressionante facilidade e elegância.


Os presidentes de China, EUA e Rússia participam da reunião de cúpula da
Cooperação Econômica do Pacífico Asiático (CEPA) [ing. Asia-Pacific Economic Cooperation (APEC)] em andamento no Peru. Mas só o presidente Xi Jinping agendou encontros com os dois presidentes, Barack Obama e Vladimir Putin. Os dois outros sequer estão em posição de manter conversa em termos adequados.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Todos a bordo do mundo pós-Parceria Trans-Pacífico

PHOTO: Russian President Vladimir Putin, left, and President Barack Obama, center, talk on the sidelines of the Asia-Pacific Economic Cooperation (APEC) Summit, Nov. 11, 2014 in Beijing.

24/11/2016, Pepe Escobar, 
Strategic Culture Foundation
Tradução do COLETIVO DE TRADUTORES DA VILA VUDU

Os apertos de mãos pode-se dizer 'de indiferença' que trocaram os presidentes Barack Obama dos EUA e Vladimir Putin da Rússia, um antes e outro depois de terem conversado "por cerca de quatro minutos", em pé, nos corredores da cúpula de Cooperação Econômica do Pacífico Asiático (CEPA) [ing. Asia-Pacific Economic Cooperation (APEC)] em Lima, Peru, capturou à perfeição o ocaso melancólico da era Obama. 
Mega crash da mídia-empresa


Resultado de imagem para Mainstream Media fail

23/11/2-16, Jon Rappoport, Strategic Culture Foundation
Tradução pelo COLETIVO DE TRADUTORES DA VILA VUDU

Primeiro, só fizeram 'ensinar' ao povo dos EUA que Hillary Clinton 'já estava eleita'; e de todos os lados que analisassem a 'notícia', sempre ensinavam ao povo dos EUA que Hillary eleita era solução ótima.


Então, na noite da eleição, a mídia-empresa desabou.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Presidente Trump e outras esquisitices geopolíticas 

 Resultado de imagem para Trump president elect
21/11/2016, Scott Humor, The Vineyard of the Saker
Tradução pelo Coletivo de Tradutores da Vila Vudu

Donald Trump venceu a eleição presidencial, apesar de as pesquisas indicarem que Hillary Clinton 'estava eleita'. Explicação frequente para isso é que alguns tiveram medo de admitir aos pesquisadores que apoiavam Trump — o que tem sido chamado de fenômeno dos "Trumps tímidos". Revisão desses números contudo sugere que, mais provavelmente, as pesquisas não souberam ver Trump corretamente.
'Notícias falsas' e política 'pós-verdade'? Quem disse?! 

21/11/2016, Neil Clark, RT
Tradução pelo Coletivo de Tradutores da Vila Vudu

Mentira a mentira: "Querem me dizer que esse gás sarin não existe?!"
(Gen. Collin Powells, 
exibindo uma 'prova' na ONU)

Resultado de imagem para Ron Paul Fake News
Os verdadeiros disseminadores da mentiras, segundo lista de Ron Paul

Os Dicionários Oxford escolheram "pós-verdade" como a palavra do ano. 'Notícias falsas' e política 'pós-verdade' foram declaradas culpadas pelo resultado a favor de o Reino Unido separar-se da UE, e pela vitória de Donald Trump nos EUA.